Fit cultural: entenda a importância de avaliá-lo antes de dizer SIM

Atualizado: Abr 16


Você já ouviu falar em fit cultural? Talvez o termo possa não lhe soar dos mais familiares, mas o entendimento sobre o que se trata e sua importância são cada vez mais discutidos no mercado de trabalho.


Mais do que avaliar habilidades técnicas e experiências exclusivamente, os processos seletivos atuais vêm dando bastante ênfase no perfil, valores, objetivos e capacidade de adequação dos funcionários.


Da mesma forma, os funcionários precisam entender melhor sobre o ambiente que se propõem a trabalhar a fim de entregar melhores resultados e se sentirem motivados a permanecer por mais tempo.


Entenda melhor sobre o assunto e sua relevância antes de dizer SIM a uma vaga de emprego!



O que é fit cultural


Considere uma situação hipotética onde você participou de um processo seletivo. Aprovado em todas as etapas, você opta por aceitar a nova proposta de emprego promissora.


Você, de perfil extremamente inovador, mal pode esperar para colocar em prática todos os insights que discutiu e planejou durante as fases e conquistar tudo o que é possível conforme falaram em entrevista.


Passado algum tempo desde o início de suas atividades, você se percebe em uma empresa extremamente burocrática e fechada às mudanças. Nada consegue implementar e a pesada rotina do dia a dia acaba consumindo toda a sua energia. Somada à falta de abertura para mudanças, sua motivação cai e, com ela, também a sua produtividade.


Não apenas as segundas, mas também os demais dias passam a se tornar mais frustrações do que conquistas e aprendizado. Você se desanima e não entende o que aconteceu com a empresa que optou pelo ‘sim’. Sente não pertencer àquele lugar.


Logo não renderá tanto quanto o seu potencial permite, o que levará a buscar uma outra oportunidade onde se sente mais à vontade para colocar as suas ideias em jogo. Ruim para o negócio, que perde com a redução de suas entregas, aumento do turnover e necessidade de iniciar um novo processo seletivo.


Porém, é também ruim para você, que além de ficar pouco tempo em um local que almejou dar continuidade à uma carreira de sucesso e ter se frustrado, se desgastará em busca de uma recolocação para se sentir mais feliz e realizado profissionalmente.


Este é apenas um dos vários exemplos da necessidade do alinhamento de fit cultural. Contudo, ele também pode estar associado aos valores, modus operandi, perfil de gestão, visão ou seus objetivos de vida.


De forma resumida, o fit cultural é a equivalência entre a forma de pensar das empresas e de seus colaboradores. O alinhamento entre a expectativa de ambas as partes em prol de um melhor desempenho do funcionário e, consequentemente, dos resultados gerados para a empresa.


A importância do fit cultural para a sua carreira


O termo ainda não é muito bem difundido entre os candidatos a uma vaga, mas entre os recrutadores já é um conceito, muitas vezes, mais importante do que os pré-requisitos que envolvem conhecimentos, habilidades e experiências prévias.


Isso porque, para essas empresas, o entendimento é que conhecimentos e habilidades podem ser construídos. Já o perfil comportamental, os valores e as crenças são um pouco mais difíceis de serem trabalhados.


É claro que o fit cultural não exclui por completo toda a bagagem que o profissional traz consigo. Porém, os recrutadores dedicam mais atenção ao perfil comportamental do candidato a fim de prever a sua adaptação ao novo ambiente de trabalho e tentar responder às questões ligadas ao ritmo e à integração com colegas e gestores, por exemplo.


Para a sua carreira, esse também é um ponto muito importante. Analisar se a cultura da empresa é alinhada ao que faz sentido pra você e para o seu plano de vida te ajudará a visualizar se aceitar a nova oportunidade é um bom negócio a médio e longo prazos.


Como identificar se você possui fit cultural alinhado ao da empresa


Identificar se há fit cultural entre você e a empresa que está em busca de recolocação não é das tarefas mais fáceis, mas avaliar alguns pontos e até mesmo propor aos recrutadores algumas possibilidades para te auxiliar na tarefa ajuda bastante:


  1. Pesquise bem sobre os valores da empresa;

  2. Verifique se eles possuem um culture code (código de cultura organizacional) na seção de recrutamento do site;

  3. Avalie quais são os benefícios que a empresa concede. Isso diz muito sobre como ela pretende desenvolver seus colaboradores e o que valoriza;

  4. Verifique sites especializados que mostram o parecer de outros funcionários;

  5. Pergunte ao RH se há a possibilidade de conversar com um de seus futuros pares. Algumas empresas já têm adotado isso como parte do processo seletivo, inclusive;

  6. Ao ser entrevistado por seu futuro gestor, tente compreender como ele define metas e como auxilia no desenvolvimento da equipe;

  7. Leve em consideração o perfil de perguntas durante o processo seletivo para entender o que esperam de você - e se isso está alinhado com o que você almeja.


Você já vivenciou alguma experiência de contratação que não tinha fit cultural entre você e a empresa? Conte para a gente como foi e o que você fez para lidar com este problema!



#SeniorUp #TalentosExperientes #ProcessosSeletivos #FazeroQueFazSentido #FitCultural

149 visualizações
Contato

Hub Salvador, Av. da França, 393
Comércio, Salvador – Bahia
CEP 40010-000

Tel - +55 71 9 8301-5596

E-mail - ola@seniorup.com.br

VAMOS BATER UM PAPO?
Objetivo 4. Educação de Qualidade
Objetivo 8. Trabalho Decente e Crescimento Econômico
Objetivo 10. Redução da Desigualdades
  • LinkedIn
  • Facebook
  • Instagram

Orgulhosamente criado pelo  Estúdio 071